Alienação fiduciária: o que é isso?

Alienação fiduciária: o que é isso?

Quem pensa em fazer algum tipo de empréstimo deve saber o que é alienação fiduciária. Nunca ouviu falar? O termo parece complicado, mas não é. Quer entender mais sobre o assunto? Acompanhe conosco, então!

A alienação fiduciária nada mais é do que um recurso de linha de crédito amparado por lei que facilita a busca de empréstimos a juros mais baixos. Esse recurso envolve menos burocracia tanto para o cliente quanto para os bancos.

Como o processo de hipoteca no Brasil envolve muitas barreiras legais, a alienação fiduciária se tornou um dos principais meios para a prática do que conhecemos por empréstimo com garantia.

A hipoteca, aliás, caiu em desuso após o início da prática da alienação fiduciária. Isso porque a modalidade exigia a entrada com ações judiciais para a execução do bem adquirido via empréstimo em casos de inadimplência – o que não acontece no caso da alienação fiduciária.

Como funciona a alienação fiduciária

A alienação fiduciária tem como objetivo principal legalizar a operação de crédito nos contratos de empréstimo. Com esse recurso, o bem fica com o proprietário, mas é transferido ao credor até a quitação total do empréstimo. Dessa forma, o pagamento das prestações é garantido, o que consequentemente diminui o risco de inadimplência por parte do cliente.

E o que isso significa, na prática? O devedor, por exemplo, pode continuar morando em seu imóvel adquirido via empréstimo. Porém, se desejar fazer qualquer alteração na propriedade -venda, por exemplo – é preciso negociar com o credor, utilizando o bem como garantia. Nos casos de venda de imóvel que ainda não foi quitado, o devedor utiliza parte do valor recebido para saldar o empréstimo, o que resulta em um risco menor de inadimplência.

Benefício de mão dupla

Fazer um empréstimo via alienação fiduciária tem se mostrado um processo vantajoso tanto para o consumidor quanto para as instituições financeiras. Para o consumidor, a modalidade compensa pela redução do risco de inadimplência e por melhores condições de pagamento.

O que mais chama a atenção do consumidor na hora de buscar um empréstimo via alienação fiduciária é a taxa de juros. São juros mais baixos que os empréstimos convencionais, com parcelamento a longo prazo e valores altos de liberação de crédito.

É possível, inclusive, que o consumidor migre dívidas de empréstimos como crédito pessoal, cartão de crédito e cheque especial para a alienação fiduciária. Resultando num pagamento consideravelmente menor de encargos.

Já para as instituições financeiras, o procedimento permite que, em casos de inadimplência, as cobranças sejam feitas de forma extrajudicial. Assim, o processo de retomada de bens fica bem menos complicado que em outras modalidades – como a já citada hipoteca, por exemplo.

Se você está pensando em adquirir um imóvel, cadastre-se com a Confiança Leilões. Receba em primeira mão oportunidades imperdíveis de imóveis que serão leiloados.

O que diz a lei?

E quem pode lançar mão de uma alienação fiduciária como alternativa para linha de crédito? De acordo com a lei nº 9514/97, que determinou a modalidade, tanto pessoas físicas quanto pessoas jurídicas podem fazer uso do recurso.

No contrato, devem constar informações obrigatórias como:

  • Valor da dívida
  • Taxas de juros e encargos
  • Prazos e condições de pagamento
  • Descrição do objeto de alienação (incluído aí modo de aquisição e indicação da propriedade)
  • Valor da propriedade
  • Critérios para revisão em caso de venda em leilão
  • Cláusula que aponte a livre utilização do bem pelo devedor

Dicas antes de fazer um empréstimo por Alienação Fiduciária

Na hora de fazer o empréstimo, não se esqueça de avaliar as condições de crédito. Uma análise financeira é imprescindível antes de fechar contrato, principalmente para saber se as parcelas cabem no orçamento. Outra dica importante: pesquise sobre a instituição que irá contratar, para evitar cair em golpes.

Conheça a Confiança Leilões, são duas décadas de experiência no mercado.

Summary
O que é Alienação Fiduciária?
Article Name
O que é Alienação Fiduciária?
Description
Conheça a Alienação Fiduciária. O recurso de crédito que facilita a busca por empréstimos a juros mais baixos. Com menos burocrácia, para clientes e bancos
Author
Publisher Name
E-confiança leilões
Publisher Logo
Redaçao

Os comentários estão fechados.