Tipos de leilão: veja detalhes de cada um

Tipos de leilão: veja detalhes de cada um

Modalidades podem ser presenciais ou online, judiciais ou extrajudiciais. Conheça as diferenças e peculiaridades de cada tipo de leilão

Leilão online, presencial, judicial, extrajudicial. Você sabe quais as diferenças entre os tipos de leilão? Quais as vantagens ao optar por um leilão via internet? É mais fácil dar lances pessoalmente? Onde é melhor investir, na modalidade judicial ou extrajudicial? Conheça os detalhes de cada tipo de leilão e veja qual deles se encaixa melhor no seu objetivo de compra.

Leilão judicial

Como o próprio nome já diz, envolve processos judiciais sobre o bem a ser leiloado. Todo leilão judicial é uma venda pública de um bem decretado por um juiz. Tal bem é expropriado do devedor com o objetivo de quitar a dívida do credor. O dinheiro do bem arrematado, então, é usado para pagar esta dívida.

Por isso, os processos judiciais que levam bens a serem leiloados podem ser das mais variadas naturezas: ações fiscais, criminais, ações de execução trabalhistas, etc., e podem correr nas esferas municipal, estadual e federal. Todos estes processos, no entanto, devem tramitar em primeira instância.

Uma curiosidade: a característica comum aos leilões judiciais é o edital. Ele deve ser sempre minucioso, uma vez que envolve a penhora de bens por parte do poder público. O interessado em participar de um leilão judicial deve ficar atento às documentações exigidas para a negociação, que costumam ser bem detalhadas. AQUI, por exemplo, editais de leilão do Detran de Minas Gerais.

Leilão extrajudicial

Estes, também chamados de leilões empresariais, não envolvem processos e penhoras de bens. Geralmente, os leilões extrajudiciais são realizados por empresas privadas ou particulares, que organizam desde as questões logísticas como elaboração do edital, divulgação e promoção do evento. Assim como nos leilões judiciais, diversos tipos de bens podem ser colocados à venda, como imóveis, veículos, terrenos, máquinas, animais, etc.

Assim, o principal objetivo de um leilão extrajudicial é comercializar bens com uma relativa rapidez e objetivando o melhor custo-benefício com a venda. Como não tem relação com processos judiciais, a negociação ocorre de forma mais simples em relação à documentação e liberação do lote arrematado.

Em geral, trata-se de uma modalidade muito compensadora, tanto para quem compra quanto para quem vende.

Leilão presencial

É o modelo clássico de leilões, onde as pessoas interessadas em adquirir o bem devem estar presentes fisicamente para a apresentação dos lances. Dessa forma, o leiloeiro apresenta os bens e conduz o processo lance a lance até o arremate. A principal vantagem de participar de um leilão presencial é o contato direto com o bem que está sendo leiloado. Aqui, o interessado tem a oportunidade de sanar todas as dúvidas em relação ao bem junto à organização do leilão.

De certa forma, os leilões, mesmo que presenciais, contam com tecnologias via internet na hora do lance. A maioria dos leilões presenciais já dispõe de uma plataforma online. Esta é utilizada para que os compradores que ali estão façam seus lances. Portanto, se um inscrito no leilão presencial não pôde comparecer ao evento, ainda assim ele consegue dar lances graças a esse dispositivo.

Leilão online

Também chamado de leilão eletrônico, este tipo de leilão segue praticamente a mesma dinâmica dos leilões presenciais. A grande diferença é o ambiente online, onde o interessado pode acessar o leilão de qualquer localidade. Ele também pode fazer os lances pela internet.

No entanto, um diferencial do leilão online é a possibilidade de registrar um lance antes mesmo da abertura oficial do leilão. O interessado pode cadastrar um valor limite no site da organizadora do leilão dias ou horas antes do início dos trabalhos. Quando o leilão começa, o lance automático é apresentado em todas as rodadas. Assim, ele pode ser ultrapassado ou virar lance de arremate para o bem em questão.

Para quem preza por comodidade, o leilão online é uma ótima alternativa. Em termos de estratégia, exige mais atenção do interessado em relação às ofertas dos concorrentes, bem como jogo de cintura para saber dosar os lances de forma adequada.

Lembrando, todos os tipos de leilão devem ser realizados por um leiloeiro autorizado e qualificado. Saiba AQUI as principais funções deste profissional.

Redaçao

Os comentários estão fechados.